Annie Vivanti


Ego; Virgo; Ad un giovane medico; Valzer; Tra poco; Sindaco di villaggio; Notte; Io sono stanca; Aprile; Morgana; Possibilità

Annie Vivanti

Filha de Anna Lindau, escritora alemã, e Anselmo Vivanti, garibaldino, Annie Vivanti (1866 — 1942) foi escritora italiana de origens judias nascida em Londres. Cresceu entre Itália, Inglaterra, Suíça e Estados Unidos tendo experiências literárias em cada um desses países. O exórdio literário da escritora coincide com a publicação da coletânea poética Lirica em 1890, à qual seguem publicações em prosa como o romance autobiográfico Marion artista di café concerto e La rosa azurra, peça teatral. Para fugir das leis raciais, foi morar nos Estados Unidos onde se dedicou quase unicamente à escrita de contos em língua inglesa.
 
 
 

Sobre os textos

A obra examinada, Lirica (1890), é a primeira coletânea poética da autora, constituída por cinquenta e cinco poemas. Os prototextos considerados intitulam-se Ego; Virgo; Ad un giovane medico; Valzer; Tra poco; Sindaco di villaggio; Notte; Io sono stanca; Aprile; Morgana; Possibilità. Nos poemas selecionados transparecem a imediação da representação, a ardidez dos conteúdos e originalidade do estilo.
 
 
 

Sobre o tradutor

Giorgio Buonsante é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestrando em Línguas e Literaturas europeias, americanas e pós-coloniais pela Università “Ca’ Foscari” di Venezia. Graduado em Comunicação Linguística e Intercultural pela Università degli Studi “Aldo Moro” di Bari (2016). Área de interesse e atuação: Estudos da Tradução, com ênfase em Tradução Comentada de obras literárias de autoria marginalizada e nos Estudos Feministas e Queer da Tradução.

Trecho da tradução

O que busco? Nada. Espero meu destino.
E rio e canto e choro e apaixono-me.
E céu e terra, paraíso e inferno
Roço com as asas da fantasia!
(Texto completo para download, 317KB)

Como citar esta tradução

VIVANTI, Annie. Ego; Virgo; Ad un giovane medico; Valzer; Tra poco; Sindaco di villaggio; Notte; Io sono stanca; Aprile; Morgana; Possibilità. Tradução, prefácio e notas: Giorgio Buonsante. Acácia - revista de tradução, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 8-41, 2019. ISSN 2595-3915. Disponível em: <http://www.revista-acacia.com.br/2019/02/annie-vivanti>.